Obstetra baiano ganha prêmio nacional Veja-se

         



O obstetra baiano José Carlos Gaspar foi o vencedor, na categoria Saúde, do prêmio nacional Veja-se, da revista Veja. Ele estava concorrendo com outros dois finalistas, indicados por especialistas de todas as regiões do Brasil e escolhidos pelos critérios de impacto social, alcance e originalidade de atuação. Gaspar é o responsável pelo Centro de Parto Normal da Mansão do Caminho, situado em Salvador.

“O mais importante é o reconhecimento do trabalho realizado no Centro de Parto Normal com as gestantes, que é baseado em evidências científicas e nas melhores práticas de assistência. E tudo isso a partir da idealização de Divaldo Franco na Mansão do Caminho. O ganho maior é a certeza de uma assistência ao parto e ao nascimento com dignidade e amor, com respeito ao ser humano, neste momento sagrado que é o nascer”, comemorou o médico. A premiação tem como objetivo valorizar histórias inspiradoras de cidadãos que se destacaram, muitas vezes longe dos holofotes, como agentes de transformação na sociedade brasileira.

Idealizado pelo líder espírita Divaldo Franco, o Centro de Parto Normal da Mansão do Caminho possui um modelo assistencial completamente voltado para a mulher, para o bebê e para o parceiro (pai), ou seja, para a família. Ele resgata as características fisiológicas do parto. Por conta do seu trabalho de qualidade e diferenciado, passou a servir de modelo para outras instituições, que começaram a trabalhar com a proposta de humanização do parto e do nascimento.

A manutenção do Centro é feita pela Mansão do Caminho, por Divaldo Franco e doações. Mesmo a entidade tendo contrato com o Estado, os custos são maiores e é necessário que a Mansão banque o restante. Segundo Gaspar, o objetivo de Divaldo é atender quem precisa. Entre partos, consultas, massoterapia, fisioterapia, rodas de conversas, ultrassonografias, laboratório e outros tipos de atendimento de saúde, são atendidas 800 mulheres por mês.
*Do BNews