Planserv recorre aos Ministério Público para garantir anestesistas

         



Com o anúncio da Cooperativa dos Médicos Anestesiologistas da Bahia que irá suspender atendimento aos beneficiários do Planserv a partir desta segunda-feira (7) por causa de pendências contratuais, o Planserv informou, que está recorrendo ao Ministério Público Estadual (MPE) para negociar interrupção. O Planserv tem até o final deste mês para apresentar uma posição em relação à pauta da cooperativa.

Já a direção da Coopanest-BA afirmou que os pacientes com procedimento cirúrgico agendado e com consulta pré-anestésico realizada terão os atendimentos mantidos com a cobrança posterior dos honorários médicos. Hoje o Hospital Português emitiu nota anunciando a suspensão dos procedimentos de anestesia.