Circuito Cultural Belgo Bekaert abre programação de setembro com pocket show do músico Zé das Congas

         



Uma performance musical especial do artista feirense Zé das Congas vai abrir a apresentação do Circuito Cultural Belgo Bekaert neste sábado, dia 14 de setembro, às 15:30, no Centro de Esportes e Artes Unificados (CEU), no bairro Cidade Nova, em Feira de Santana. José Pereira dos Santos, mais conhecido como Zé das Congas, é músico, percussionista, artesão e gosta de inventar seus próprios instrumentos, sempre valorizando materiais reciclados. Um dos seus instrumentos preferidos é o berimbau do futuro, que ficou conhecido em todo o Brasil. “Além de trazer para Feira de Santana espetáculos de grupos teatrais brasileiros premiados, o Circuito Cultural Belgo Bekaert se propõe também a promover e valorizar sempre os artistas locais”, afirma Tamylla Rosa, coordenadora do Projeto em Feira de Santana.

Em seguida, às 16 horas, o Circuito Cultural Belgo Bekaert apresenta o espetáculo “Em busca da ilha desconhecida”. Encenado pelo Coletivo Duo, o espetáculo infanto-juvenil, inspirado na obra de José Saramago, conta a história de um jovem que quer encontrar a ilha desconhecida. Ele bate às portas do rei para pedir-lhe um barco. A montagem mostra a trajetória do homem e da mulher que desafiam fortes correntezas para realizar seus sonhos. Uma viagem onírica, poética, carregada de humor e ludicidade, a montagem passeia pela musicalidade e teatralidade da cultura popular ibérico-nordestinas. A peça tem duração de 50 minutos e é indicada para crianças a partir de 4 anos de idade.

No dia 28 de setembro, o Circuito Cultural Belgo Bekaert apresenta o clássico infantil “Maria Minhoca”, às 16 horas, no CEU Cidade Nova. Com texto de Maria Clara Machado, a obra, encenada pela Companhia Cuca de Teatro, é um clássico infantil da literatura teatral brasileira. Sob a ótica dos palhaços, a montagem lembra o clássico “Romeu e Julieta”. A peça conta a história do apaixonado Chiquinho Colibri, que não consegue chegar nem perto da sua amada Maria Minhoca, pois o seu pai, o lorde inglês Mister João Buldog da Silva, já planejou outro destino para ela -casá-la com o vaidoso e ambicioso Capitão Quartel. Com a ajuda de Pedro Fon Fon, seu melhor amigo, Colibri vai viver uma aventura atrás da outra, aprontando mil e uma peripécias para conquistar pai, filha e público de todas as idades. Maria Minhoca é resultado do primeiro trabalho de pesquisa e experimentação do grupo fundamentado na linguagem do clown. O espetáculo tem duração de 50 minutos e indicação etária é a partir de 4 anos.

As apresentações são abertas ao público e com entrada gratuita.

Sobre o Circuito Cultural de Feira de Santana

Promovido pela Belgo Bekaert Arames, o Circuito Cultural é um programa de formação de público infantil para teatro, realizado em seis municípios nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Com atrações direcionadas ao público infantil, o Circuito Cultural de Feira de Santana já levou mais de 73 mil espectadores às 326 apresentações realizadas em teatros, praças e escolas da cidade.

“A experiência de assistir os espetáculos teatrais proporcionados pelo projeto é um momento único para as crianças e toda a família. O Circuito Cultural está há nove anos em Feira de Santana, onde tem ampliado o acesso à cultura através de uma programação teatral de qualidade, leve, divertida e com conteúdo educativo”, afirma Rosana Neder, gerente de Recursos Humanos da Belgo Bekaert Arames, em Feira de Santana.

Em sua nona edição, o Circuito segue até o fim de novembro em Feira de Santana. Todas as apresentações são gratuitas, sempre no segundo e no quarto sábado de cada mês, às 16h, na praça CEU da Cidade Nova.

A programação é formada por peças de grupos teatrais locais e nacionais de referência, espetáculos premiados em festivais, adaptações de clássicos do universo infantil, montagens com conteúdo educativo e musicais que agradam ao público de todas as idades mesmo sendo voltados para crianças.

O objetivo do Circuito Cultural é democratizar o acesso à cultura, oferecendo uma programação teatral regular às comunidades, com espetáculos infantis gratuitos. Desde sua criação em 2011, foram apresentados 456 espetáculos, beneficiando mais de 106 mil espectadores.

A iniciativa é viabilizada por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e conta com o patrocínio da Belgo Bekaert Arames, apoio da Fundação Egberto Costa, Prefeitura Municipal de Feira de Santana e produção da Lima Produções Culturais.

A programação e mais informações sobre o Circuito Cultural podem ser conferidas na página www.facebook.com/programacircuitocultural

Sobre a Belgo Bekaert Arames

Com a visão de ser a principal empresa global em soluções de arame, nasceu em 1º de março de 1997 a Belgo Bekaert Arames, resultado de uma joint venture entre o maior grupo siderúrgico do mundo, a ArcelorMittal S.A., e o maior produtor mundial de arames, a N.V. Bekaert.

Referência global na fabricação de aço, a ArcelorMittal está presente em 61 países, atendendo ao mercado siderúrgico com produtos de alta qualidade. Líder no mercado de arames, a N.V. Bekaert Arames possui mais de 130 anos de atuação, com presença em mais de 120 países, sempre aliando sua tradição ao avanço tecnológico constante.

Unindo a força desses acionistas, a Belgo Bekaert Arames é líder no mercado brasileiro de arames. Atualmente a Belgo Bekaert Arames possui unidades em Contagem e Sabará, em Minas Gerais; Osasco e Sumaré, em São Paulo e Feira de Santana, na Bahia.

 

Serviço:

 

Circuito Cultural Belgo Bekaert - Programação de Setembro em Feira de Santana

 

 

Apresentação especial do músico Zé das Congas

Data: 14 de setembro

Horário: 15h30

Local: Centro de Esportes e Artes Unificados - CEU Cidade Nova

Entrada gratuita

 

Espetáculo: Em busca da ilha desconhecida

Data: 14 de setembro

Horário: 16 horas

Local: Centro de Esportes e Artes Unificados - CEU Cidade Nova

Entrada gratuita

 

Espetáculo: Maria Minhoca

Data: 28 de setembro

Horário: 16 horas

Local: Centro de Esportes e Artes Unificados - CEU Cidade Nova

Entrada gratuita