ALEXANDRE LEÃO GRAVA HINO AO SENHOR DO BONFIM EM IJEXÁ





O músico, cantor e compositor Alexandre Leão começou um registro de cânticos e canções sagradas da Bahia.

O primeiro, uma composição sua em parceria com o saudoso Professor Jaime Sodré, para a Santa Dulce dos Pobres: BEM-VINDA, em 2020.

Desta vez, em 2021, a Colina Sagrada, vista por outras perspectivas, inspira o registro em vídeo da releitura do Hino ao Senhor do Bonfim, de autoria de Arthur de Salles e João Antônio Wanderley, de 1923.

No clipe, um olhar da ladeira ao mar, feito por Felipe Leão, a canção ganhou uma roupagem afro brasileira em ritmo de ijexá, que por si só, traduz o convívio da matriz sagrada africana e européia, que tornou a Igreja do Senhor do Bonfim, a casa de Oxalá.

Será lançado nesta época do ano, em homenagem à festa de largo mais tradicional da Bahia, a Lavagem do Bonfim, que reúne a devoção e a diversão do baiano e de turistas de todo o país e do mundo, em uma caminhada até o ponto mais alto da colina, para assistir as baianas lavarem as escadarias com as águas de Oxalá, mas que pela COVID19, não poderá aglomerar nossa gente pelo segundo ano consecutivo.

"Eu sempre quis cantar o Hino e ofertá-lo ao coração das antigas e novas gerações" - afirma Alexandre Leão, que ressalta a força do encontro cultural, tanto material, quanto espiritual da fé baiana e da sua relação afetiva com a canção.

Assista o Clipe da Música no link abaixo: